Jorginho Mello virá para Blumenau em agosto com o vídeo da Prefeitura na lembrança

O governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), virá para Blumenau no dia 4 de agosto para conversar com os prefeitos das 14 cidades que fazem parte da Associação dos Municípios do Vale Europeu (AMVE).

O Vale do Itajaí é a última região que receberá a caravana do Programa Santa Catarina Levada a Sério + Perto de Você, onde o governador conversa individualmente com os prefeitos para saber deles as necessidades mais urgentes das suas cidades.

O encontro vai acontecer na sede da Amve, na rua Alberto Stein, próximo da Vila Germânica. Até o último encontro que aconteceu no dia 21 de julho em Florianópolis, Jorginho Mello já se reuniu com 265 prefeitos de Santa Catarina.  

Muito provavelmente o governador Jorginho Mello não deva levar em consideração o apoio maciço que os prefeitos do Vale, comandados pelo prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemmos), deram para o ex-governador Carlos Moisés (Republicanos) nas eleições de 2022.

Mas um vídeo produzido pela Prefeitura de Blumenau, onde é dito que a culpa do atraso das obras do Plano 1000 seria da atual administração de Santa Catarina, que não libera as verbas prometidas por Moisés, não deve passar e branco.

Através de correligionários, o governador já mandou um recado dizendo que não é nada bom para a cidade fazer críticas ao Governo do Estado, pois entendem que Blumenau tem que ser parceira do Governo e amiga do governador Jorginho Mello para concluir as obras já iniciadas.

Foi uma direta para o prefeito Mário Hildebrandt, que voltou a se aproximar do Republicanos, partido de Carlos Moisés, quando renomeou o ex-vereador Egídio Beckhauser para o comando da Secretaria de Esportes.

O problema é que a maioria dos prefeitos da Amve não poderão mais se reelegerem e podem acabar ficando no vaco se tiverem a intenção de disputar algum cargo na eleição de 2026.

Mário Hildebrandt é um deles, que a partir de janeiro de 2025 não terá uma vitrine para se manter visível, já que ele tem a intenção de ser candidato a deputado estadual. Hildebrandt sabe que no Podemos não teria muita chance de vitória e já houve convites para trocar de partido, como é o caso da conversa que teve com Esperidião Amin no começo deste mês.

MUDANÇA DE CHAVE

O fato é que Jorginho Mello, nesse momento, não pensa em se aproximar do prefeito de Blumenau e nem de abrir uma vaga para ele no seu governo em 2025, mas como na política tudo é mutável, o dia 4 de agosto pode ser uma mudança de chave para que os dois se alinhem politicamente também.

A preferência do governador é lançar João Paulo Kleinubing como seu candidato pelo PL, mas nem mesmo Kleinubing ainda garantiu que isso possa acontecer, pois prefere esperar para ver qual será o tamanho do apoio que teria na eleição do ano que vem.

Ele teme que, se a direita sair com muitos candidatos, como seria o caso dele, de Maria Regina Soar (PSDB) e Odair Tramontin (Novo), a esquerda pode se fortalecer se conseguir se unir em torno de um único nome e aí só um direitista teria a chance de chagar no segundo turno.

Veja o vídeo produzido pela Prefeitura de Blumenau:

Acompanhe

Entre em nosso grupo do Whatsapp e nos siga em nossas redes

Patrocinadores