As informações desencontradas da Prefeitura de Blumenau e do youtuber HalleyMX

O youtuber e publicitário Edson da Silva, conhecido como Halley MX, postou um vídeo nas suas redes sociais comparando os valores das 50 faixas elevadas da cidade de Blumenau com um contrato colocado pela Prefeitura de Joinville no seu Portal da Transparência.

Segundo ele, cada faixa elevada feita desde janeiro de 2023 na cidade de Blumenau tem um custo unitário aproximado de R$ 40 mil e em Joinville o custo de uma mesma faixa elevada seria de R$ 1.603,00.

Num outro trecho do seu vídeo, Edson diz ter aprendido a calcular os valores para ele fazer uma lombada na sua rua, como a que foi colocada pela Prefeitura de Blumenau na localidade onde ele mora.

No fim, depois de calcular inúmeros itens, conforme o descrito na própria licitação da Prefeitura de Blumenau, ele chegou no valor de R$16.822,00 pela sua faixa elevada.

Já a Prefeitura de Blumenau produziu um outro vídeo, onde o diretor de comunicação Felipe Rodrigues diz que Edson estaria espalhando fake News e que as comparações não procedem.

Felipe diz que o objeto de contratação de Joinville é para uma lombada física e não para faixa elevada. Diz também que não há na Prefeitura de Blumenau nenhum contrato vigente para implantação de faixas elevadas no valor de R$ 40 mil reais cada.

Segundo o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos), grande parte dos locais onde as faixas elevadas foram implantadas foram demandas colocadas pelos vereadores de Blumenau.

Pesquisando no Portal da Transparência da Prefeitura de Blumenau, há um contrato (licitação 4-2022/2061 e contrato 333/2022) entre a Prefeitura Municipal de Blumenau e a empresa Progresso Ambiental Eireli, assinado no dia 3 de novembro de 2022, para a execução de 50 faixas elevadas pelo valor total de R$ 2.022.077,80.

No contrato, que tem 27 páginas, está descrito que o valor compreende “os serviços preliminares; terraplanagem; obra de arte correntes e drenagem; pavimentação; obra complementares e sinalização, obedecendo às características e peculiaridades de cada local/projeto – SMTT”.

As faixas elevadas começaram a ser feitas em janeiro deste ano e o contrato prevê o término para o dia 2 de setembro de 2023. De acordo com a última medição realizada pela administração municipal de Blumenau no dia 8 de maio de 2023, já foram realizadas 68,72% do total, ou seja, 35 faixas elevadas já foram implantadas na cidade.

O valor pago até agora foi de, segundo o Portal da Transparência, R$ 1.389.492,71, o que dá em média R$ 39.699,79 por faixa elevada. Até a última medição publicada pela Prefeitura de Blumenau, restavam fazer 15 faixas elevadas e o saldo a receber pela empresa estava em R$ 632.585,09.

Na teoria, se esse valor for realmente pago pelas 15 faixas elevadas restantes, chegaremos a um valor unitário de cada faixa elevada de R$ 42.172,33.

Sobre a Progresso Ambiental

A Progresso Ambiental Ltda., empresa que venceu a licitação em 2022 para implantar as 50 faixas elevadas na cidade de Blumenau durante o ano de 2023, tem como proprietária Amabel de Miranda de Souza e tem a sua sede na BR 470, no bairro Belchior Baixo, em Gaspar.

Amabel de Souza é mãe de Israel de Souza, que era dono da empresa Construpav, que foi pivô da investigação da Operação Tapete Negro de 2012. Segundo decisão da justiça, Israel foi sentenciado a três anos e quatro meses de reclusão em regime fechado e mais três anos e quatro meses em semiaberto, mas ação coube recurso.

Outro fato que chama a atenção é que a empresa Progresso tem como Gerente de RH uma agente da Guarda Municipal de Trânsito de Blumenau.

Essa gerente de RH já foi supervisora administrativa da URB entre 2007 e 2012 e em 2014 foi chefe de gabinete do ex-vereador Célio Dias. Célio também foi Diretor Presidente da URB no ano de 2012 e, como Israel, foi condenado na Operação Tapete Negro.

Hoje Célio Dias é funcionário concursado da administração municipal como agente de trânsito e ocupa o cargo de Coordenador de Aeroporto da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes.

Adicionar comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

Acompanhe

Entre em nosso grupo do Whatsapp e nos siga em nossas redes

Patrocinadores