Jorginho Mello oficializa o seu pré-candidato a prefeito de Rio do Sul

Na noite de segunda-feira, 11, o governador Jorginho Mello esteve na sede estadual do PL, em Florianópolis, para participar da filiação de Manoel Arisoli Pereira, conhecido na cidade de Rio do Sul como Maneca da Celesc.

O governador acredita que Maneca tenha boa chance de vitória na disputa pela prefeitura da cidade mais importante do Alto Vale do Itajaí. Além do governador, estavam na solenidade o deputado federal Jorge Goetten (PL), o deputado estadual Oscar Gütz (PL) e a secretária de Estado do Desenvolvimento Social, Maria Helena Zimmerman.

Na ocasião, Maneca foi oficializado como pré-candidato a prefeito de Rio do Sul já com o apoio do partido, da bancada de deputados dos liberais e do próprio Jorginho Mello.

Servidor público da Celesc desde 1980, Maneca atua na gerência da empresa há 36 anos, sempre atuando em assuntos ligados ao Alto Vale. Mesmo nunca tendo concorrido a um cargo público, ele decidiu aceitar o convite de Jorginho Mello para ser candidato a prefeito de Rio do Sul por acreditar na sua vitória em 2024.

“Acredito que posso contribuir ainda mais com a cidade. Vamos trabalhar para entregar aos riosulenses um município com mais educação, mais saúde, mais mobilidade urbana, garantindo mais desenvolvimento e qualidade de vida. Rio do Sul é a capital do Alto Vale e precisa assumir o protagonismo político e econômico que a cidade merece”, disse Arisoli.

Muito provavelmente o maior adversário do PL em Rio do Sul deverá seu o PSD, que já escolheu o suplente de deputado estadual Gerri Consoli para a disputa do ano que vem.

Manoel é formado em Administração de Empresas pela Unidavi, possui três pós-graduações, duas voltadas à Gestão Pública e uma em administração de empresas, e além das gerências da Celesc, foi presidente do Hospital Regional do Alto Vale do Itajaí em caráter voluntário, onde hoje atua como vice-presidente.

PL DE IÇARA TAMBÉM BUSCA CANDIDATO

O vice-presidente do PL de Içara, Ibanez Zanette, informou que já conversa com o vice-prefeito da cidade, Jandir Sorato, que hoje está filiado no PP, para tentar trazê-lo para o seu partido para que ele seja o candidato a prefeito em 2024.

Em 2020, Sorato foi vencedor das eleições em chapa pura com a prefeita Dalvânia Cardoso (PP), que provavelmente deverá concorrer à reeleição no ano que vem.

O que também pode ocorrer é que Jandir Sorato continua na chapa de Dalvânia, só que agora representando o Partido Liberal. O PL e mais quatro siglas já estavam na coligação que elegeu a prefeita e atual presidente da Fecam.

As conversas continuam e todo o cenário político de Içara será levado em consideração, já que a prefeita Dalvânia é um nome forte na cidade e seria preciso montar um bom grupo de partidos para conseguir derrotá-la em 2024.  

Adicionar comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

Acompanhe

Entre em nosso grupo do Whatsapp e nos siga em nossas redes

Patrocinadores