Prefeito preso na Operação Mensageiro promete renunciar se for solto

Como uma cartada definitiva para tentar conquistar a liberdade, o prefeito de Capivari de Baixo, Vicente Costa (PL), prometeu para a justiça que, se sua prisão for revogada, ele se compromete em renunciar do cargo em 48 horas após a expedição do alvará de soltura.

Preso há quase quatro meses por conta das investigações da Operação Mensageiro, que investiga um esquema de fraudes em licitações de coleta de lixo e que já prendeu 16 prefeitos de cidades de Santa Catarina, Vicente virou réu no mês de abril e está sendo denunciado pelo Ministério Público por corrupção passiva.

De acordo com Eduardo Faustino da Rosa, advogado que faz a defesa do prefeito, a petição foi enviada para o Tribunal de Justiça de Santa Catarina nessa quinta-feira, 22, e aguarda decisão.

Segundo ele, não há a necessidade de manter Vicente Costa preso porque ele não apresenta risco de fuga e nem tem o poder de mudar os rumos da investigação. Ele também diz que a prisão perante a garantia de ordem pública e econômica não se aplica mais.

No pedido de soltura, o prefeito promete também usar o aparelho de monitoramento eletrônico, de não manter contato com nenhum outro réu, investigado, testemunha ou mesmo com os representantes da empresa Serrana e garante que não irá a nenhum departamento da administração pública de Capivari de Baixo.

A Operação Mensageiro foi deflagrada em dezembro de 2022 e já está na sua quarta fase, onde além de prender 16 prefeitos, também deteve um vice-prefeito e vários secretários municipais que supostamente teriam recebido propina na empresa Serrana Engenharia para facilitarem contratos com as respectivas administrações que faziam parte.

Prefeitos presos até a 4ª fase da Operação Mensageiro:

Deyvison Souza (MDB) – Pescaria Brava

Luiz Henrique Saliba (PP) – Papanduva

Antônio Rodrigues (PP) – Balneário Barra do Sul

Antônio Ceron (PSD) – Lages (está em prisão domiciliar)

Vicente Corrêa Costa (PL) – Capivari de Baixo

Marlon Neuber (PL) – Itapoá

Joares Ponticelli (PP) – Tubarão

Luiz Carlos Tamanini (MDB) – Corupá

Armindo Sesar Tassi (MDB) – Massaranduba

Adriano Poffo (MDB) – Ibirama

Adilson Lisczkovski (Patriota) – Major Vieira

Patrick Corrêa (Republicanos) – Imaruí

Luiz Divonsir Shimoguiri (PSD) – Três Barras

Alfredo Cezar Dreher (Podemos) – Bela Vista do Toldo

Felipe Voigt (MDB) – Schroeder

Luis Antonio Chiodini (PP) – Guaramirim

Adicionar comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

Acompanhe

Entre em nosso grupo do Whatsapp e nos siga em nossas redes

Patrocinadores