MDB catarinense faz grande reunião em Florianópolis

O MDB estadual organizou um encontro de aproximadamente 500 pessoas na noite de segunda-feira, 18, no Lira Tênis Clube, em Florianópolis.

O principal motivo da reunião foi para confirmar o apoio à reeleição do prefeito Topázio Neto (PSD) e filiar Rafael Hahne, que hoje ocupa a Secretaria de Transportes e Infraestrutura da Capital.

Hahne era do PSD, mas ele se transferiu para o MDB para que o partido fosse agraciado com uma secretaria na administração municipal de Florianópolis.

Além de Hahne e Topázio, participaram do encontro o presidente estadual do MDB e deputado federal, Carlos Chiodini, o também deputado federal Valdir Cobalchini, os deputados estaduais emedebistas Emerson Stein, Antídio Lunelli, e Tiago Zilli, os ex-governadores Eduardo Pinho Moreira e Paulo Afonso Vieira, a ex-deputadas Ada Faraco de Luca e Dirce Heiderscheidt, os vereadores de Florianópolis João Cobalchini (UB), que em 2024 vai voltar ao MDB, e Jeferson Backer (PSDB) e muitas lideranças da Grande Florianópolis.

O MDB quer eleger na Capital, pelo menos, três vereadores para a próxima legislatura. Além de trazer o presidente da Câmara de Florianópolis para as suas fileiras, o MDB vai buscar mais nomes que já tiveram boas atuações em outras eleições para fortalecer os votos da legenda e, assim, conseguir novamente ter vereadores no parlamento da capital.

Fúlvio Rosar Neto, presidente do MDB local, diz que o partido está se reconstruindo na cidade e agora, já fazendo parte da base de apoio da atual administração, o MDB quer novamente voltar a cena comendo pelas beiradas, mas já olhando as eleições de 2026, onde a esperança maior para a Assembleia Legislativa deva ser João Cobalchini, filho do deputado Valdir Cobalchini.

REUNIÃO ESTRATÉGICA

Mas antes da festa no Lira Tênis Clube, a executiva estadual do MDB esteve reunida na sala da presidência da Assembleia Legislativa para deliberar alguns assuntos das eleições de 2024.

Estavam na reunião o presidente estadual, deputado federal Carlos Chiodini, os deputados estaduais Mauro de Nadal, Antídio Lunelli, Tiago Zilli e Emerson Stein, os federais Valdir Cobalchini e Rafael Pezenti, o secretário de Estado, Jerry Comper, os ex-governadores Eduardo Pinho Moreira e Paulo Afonso vieira e demais membros do conselho.

A intenção foi deliberar as ações do partido para os próximos meses, pois Chiodini entende que, com organização e trabalho, o partido continuará sendo o que mais prefeituras terá depois das eleições do ano que vem.

Na semana passada, Chiodini disse que “o MDB não é modinha, o MDB é um partido de 57 anos em Santa Catarina”. Ele também fez o desafio que “seremos o partido com mais prefeitos eleitos na eleição de 2024”.

A estratégia é manter a força nas pequenas cidades e reconstruir os diretórios nas maiores cidades do Estado, como está acontecendo em Florianópolis, Joinville e Criciúma. Já cidades como Blumenau, o MDB vai precisar de um trabalho de longo prazo, pois não parece que o MDB local terá algum nome de peso na eleição de 2024.

No dia 23 deste mês, o MDB Mulher fará a sua convenção estadual no Restaurante Rudnick, em Joinville, onde escolherá as novas integrantes e no mesmo dia dará posse as eleitas.

Adicionar comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

Acompanhe

Entre em nosso grupo do Whatsapp e nos siga em nossas redes

Patrocinadores