Deputado Zé Milton trabalha para a federalização da rodovia SC-285

Em uma reunião realizada na quarta-feira, 20, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina o deputado estadual Zé Milton Scheffer (PP) trabalha para buscar a federalização da SC-285.

Na reunião, além de Zé Milton, estavam o secretário de Infraestrutura do Estado, Jerry Comper (MDB), os prefeitos de Timbé do Sul, Beto Biava; de Turvo, Sandro Cirimbeli, e de Ermo, Paulo Della Vecchia, além do superintendente da Infraestrutura, Vicilar Preto.

Durante o encontro, o secretário Jerry Comper sinalizou positivamente para a federalização e informou que o Estado fará um projeto de adequação daquela via para poder entregá-la ao Governo Federal.

De acordo com o secretário, os técnicos da Secretaria de Infraestrutura vão conversar com os representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para buscar mais informações e iniciar o processo de estudos de viabilidade para a elaboração do projeto que vai colocar a SC-285 nos padrões federais.

A decisão da reunião de quarta-feira ocorreu depois da solicitação feita pelo superintendente regional do DNIT/SC, Alysson Rodrigo de Andrade, durante uma audiência ocorrida em agosto deste ano, onde participaram o deputado Zé Milton e os prefeitos da região.

Segundo o deputado Zé Milton “hoje foi dado mais um passo importante para o processo de federalização, pois tivemos o sinal positivo do Estado, que assumiu o compromisso de atender as solicitações do DNIT. Agora vamos acompanhar os trabalhos da Secretaria de Infraestrutura e o Departamento Nacional para, no que for possível auxiliarmos, darmos celeridade ao processo”.

Para os prefeitos, a federalização da SC-285 é ainda mais urgente por conta da proximidade da conclusão das obras de pavimentação da BR-285, na Serra da Rocinha, que vai triplicar o tráfego de veículos.

Todos são unânimes em afirmar que será necessária a adequação e melhorias da infraestrutura da rodovia para dar mais segurança e trafegabilidade para os motoristas utilizam diariamente a via.

O único problema dessa federalização é saber se o Governo Federal dará o mesmo tratamento para a SC-285 que dá hoje para as rodovias federais que cortam Santa Catarina.

Se sim, futuramente os prefeitos vão gastar muita sola de sapato e passagem de avião para suplicar a manutenção mínima daquela estrada. É bom que todos avaliem os prós e contras para não se arrependerem no futuro.

Adicionar comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

Acompanhe

Entre em nosso grupo do Whatsapp e nos siga em nossas redes

Patrocinadores